sexta-feira, 18 de abril de 2014

Outros sabores.

Muito prazer! ALMEIRÃO

Direto da terra

Para ter bons resultados no cultivo de uma HORTA alguns cuidados são necessários. É importante obter informações sobre todo o processo, do plantio à colheita, e dos tratos culturais indicados para cada espécie. Mas é fundamental também que se conheça as características da hortaliça a ser cultivada.

A seguir, ficha técnica do ALMEIRÃO. lembrando que todas as informações aqui descritas provêm de pesquisas em livros, boletins e revistas de Instituições especializadas, podendo ocorrer pequenas variações de informações devido a vasta (bio)diversidade existente e da prática e preferências de cultivo de cada horticultor.




Cichorium intybus

Caracterizado por seu sabor amargo essa hortaliça folhosa e anual é originária da Europa - onde é cultivada também com fins ornamentais devido a beleza de suas flores azuis.



Da mesma família da chicória, serralha, escarola e radicchio, o almeirão ainda é pouco consumido no Brasil.  Possui cálcio, fósforo, ferro, vitaminas A, do complexo B (B2 e Niacina) e vitamina C em menor quantidade.

Cultivar o almeirão é muito simples:

Época de plantio: preferencialmente de março a junho, mas pode ser cultivado o ano todo. Prefere climas amenos.

Forma de plantio: direto ou em sementeiras.

Espaçamento: 25 x 25 cm

Colheita: 50 a 60 dias após semeadura. Colher as folhas maiores, de fora, mantendo o miolo que continuará produzindo por um longo período – aproximadamente 6 colheitas de 30 em 30 dias.

Tipo de solo: rico em matéria orgânica.

Irrigação: diária, porém sem encharcar.

O almeirão estimula a função hepática o que auxilia na desintoxicação do fígado. Consumido duas vezes por semana auxilia no combate ao colesterol ruim (LDL) - isso ligado a uma dieta saudável e exercícios físicos.

Conheça outros cultivares:


Serralha




Almeirão árvore ou almeirão roxo




Nenhum comentário:

Postar um comentário