segunda-feira, 31 de agosto de 2015

RÁPIDO E RASTEIRO


Direto da terra

 Para ter bons resultados no cultivo de uma HORTA alguns cuidados são necessários. É importante obter informações sobre todo o processo, do plantio à colheita, e dos tratos culturais indicados para cada espécie. Mas é fundamental também que se conheça as características da hortaliça a ser cultivada.
A seguir, ficha técnica do RABANETE, lembrando que todas as informações aqui descritas provêm de pesquisas em livros, boletins e revistas de Instituições especializadas, podendo ocorrer pequenas variações de informações devido a vasta (bio)diversidade existente e da prática e preferências de cultivo de cada horticultor. 






O SIMPÁTICO RABANETE

   Muito apreciado pelos egípcios, gregos e romanos, o rabanete (Raphanus sativus) é uma planta originária das regiões mediterrâneas, pertencente à família Brassicaceae. Na Grécia era oferenda aos deuses.

   Suas raízes tuberosas são bastante utilizadas como ingrediente crocante e picante em saladas e outros pratos frios. 





É uma hortaliça de ciclo rápido, apenas 30 dias aproximadamente.

A forma de propagação é através de sementes, com plantio em linha, direto no canteiro. Promova o desbastes quando as mudas atingirem 5 cm.


O rabanete pode ser plantado o ano inteiro, porém prefere climas amenos.

As regas devem ser diárias sem encharcar.

O solo deve ser areno argiloso.






A hortaliça é rica em fibras alimentares, vitamina C, potássio e fósforo.





LEIA MAIS E CONFIRA AS RECEITAS DE SANDUÍCHES CLICANDO NO LINK ABAIXO:



Nenhum comentário:

Postar um comentário